Anuncie aqui!

The Offspring - Discografia Completa

17 novembro 2009
Felipe Hostilio

Por Carlos, O Chacal do whiplash
Antes de começar a mudar a cena punk em 1984, os integrantes do Offspring nada mais eram do que garotos intelectuais com óculos fundo-de-garrafa. Usando o português claro, eram os alunos CDF’s da High Pacific School, uma escola situada em Orange County, o lado mais pacato e quase tedioso dos arredores de Los Angeles.
Naquela época existiam várias "tribos" na escola. Havia o pessoal que escutava Rockabilly, uma parte que ouvia Mod (seja lá o que for isso!), outros que preferiam New Wave e uma outra fração que estava ligada no Punk.
Holland era o terceiro filho de um administrador de hospital com uma professora. Já influenciado pelos pais tinha decidido ser médico. Além de ser um grande esportista na escola com belas notas no boletim, não demorou para ser eleito o representante de classe. Disso veio o seu apelido: Dexter (algo como "direito").
No último ano do colegial, Holland não ligava muito para a música. Era apenas um ouvinte casual, até que seu irmão mais velho lhe dá de presente um disco de rock. Depois disso começou a devorar discos e fanzines de bandas punkrock.
Através dos campos de beisebol da High Pacific School, Greg Kriesel viria a descobrir o punk com seu amigo Holland. Para Kriesel a música não significava muito, mas acabou se acostumando por ficar sempre ouvindo aquele som ao seu redor. Mesmo sem saber tocar nenhuma nota em nenhum instrumento decidiram formar uma banda apesar da não aceitação de seus respectivos pais por acharem que a escola era o único futuro promissor para os filhos.
Escreveram a primeira música numa noite do ano de 1984 com dois outros amigos do time de beisebol da escola. Entre eles, Noodles na guitarra. A música se chamaria "Subsidal Maniac". Na ocasião os quatro foram fazendo experiências com os instrumentos, aprendendo a tocar juntos, e no verão começaram a fazer pequenas apresentações na casa de Kriesel, onde apareciam no máximo 20 pessoas.
Naquele outono, Holland começaria os estudos na universidade. Atualmente ele é pós-graduado em biologia molecular . Kriesel também passou a freqüentar uma faculdade se formando em finanças. Ambos começaram a trabalhar e tinham no fim de semana o único tempo livre para poder ensaiar
Holland começou a escrever diversas canções, com títulos como "Very Sarcastic" e "Sorority Bitch". Um dos amigos resolveu sair da banda e recrutaram Kevin Wasserman (Noodles), mais um aluno graduado na Pacific School.
Nos ensaios Wassermam fazia muita bagunça na casa de Greg Kriesel e andava bebendo excessivamente, mas como ele era ó único integrante maior de 21 anos de idade, resolveram mantê-lo na banda por ser extremamente útil na hora de comprar cerveja.
Ron Welty mudou para Orange County para estudar na mesma escola, e não demorou muito para que o irmão mais velho dele o apresentasse a Holland. Sendo assim, tornou-se o baterista definitivo da banda e Noodles passou para a guitarra.
Com Holland nos vocais, Noodles na guitarra, Greg Kriesel no baixo e Ron Welty na bateria - formação que se mantém até hoje -, em 1987 pagaram para lançar o próprio single intitulado de "I'll Be Waiting". Não tinham dinheiro para lançar novas cópias, por isso fizeram dezenas de shows em casas de amigos até que 2 semestres depois conseguiram chegar nas 1.000 cópias.
Finalmente, depois de dois anos de rejeição, o Offspring assina com a Nemesis, uma pequena gravadora punk. Sob esse selo eles lançam, com a ajuda do produtor Thom Wilson, o single "Bagdah" (mais tarde regravado como Teheran) e o primeiro disco auto-intitulado somente em vinil. Esse disco traz em suas letras contestações sobre política, religião, guerra e até mesmo morte. O maior destaque do disco fica por conta da música "Beheaded".
Brett Gurewitz, dono do selo independente Epitaph que já trabalhou com Bad Religion, Rancid e NOFX, comprou uma fita da banda e viu no Offspring um futuro promissor. Lançam, então, em 1992 pela Epitaph o segundo disco "Ignition" que contém 12 músicas enérgicas sobre a última década em Orange County City. As letras continham refrões e backing vocals pegajosos que viraram marca registrada. Neste álbum está a música "Session", considerada o primeiro sucesso da banda. Alguns sons mais lentos no meio do disco quebram um pouco o gás acelerado. Mesmo assim o reconhecimento e a fama já eram quase inevitáveis.
Tudo estava a favor do Offspring. Com o fim do Nirvana que deixou o grunge e o punk rock em alta, estavam todos sentindo falta de uma nova banda. Então, em 1994, com o sucesso de "Come Out And Play" emplacam o terceiro disco "Smash" que se tornaria o registro independente de maior sucesso vendendo 9 milhões de cópias e ganhando enorme espaço na MTV. Neste disco estão ainda as famosas "Self Esteem", "Gotta Get Away" e "What Happened To You?". Com certeza é o álbum que levantou a carreira da banda.
Depois do sucesso de "Smash", fãs novos descobriram "Ignition", que a banda havia acabado de relançar. Com o sucesso geral relançaram também o primeiro disco pelo próprio selo, a Nitro Records, que mais tarde viria lançar bandas como Vandal’s e Guttermouth.
No entanto, o sucesso do conjunto parece que trouxe mais problemas que alegrias, pois o relacionamento com a Epitaph degringolou a ponto do quarteto praticamente se recusar a lançar outro disco com eles.
Depois de muita disputa entre gravadoras eles assinam contrato com a Columbia e lançam Ixnay "On The Hombre", um disco que não decepciona e traz o quarteto um passo à frente do trabalho anterior, onde a banda já faz construções melódicas um pouco mais complexas. Com esse disco assumem de vez o lado bem-humorado e emplacam hits como "The Meaning Of Life" e "All I Want". A triste "Gone Away", na qual Dexter lamenta a morte de uma amiga, é, para muitos, a melhor música da banda.
A ilustração na capa do disco lembra rituais mexicanos, cultura essa muito comum naquela região da Califórnia. A própria expressão "ixnay on the hombre" é uma gíria dos chicanos que significa algo como "matem o homem".
Finalmente, em 1998, aparece a sucessora de "Come Out And Play", a bem humorada "Pretty Fly (For A White Guy)" que está no último trabalho da banda, o disco "Americana". Os pontos fortes do disco não param aí. Sucessos como "Why Don’t You Get A Job" e "The Kids Aren’t Alright" viraram músicas obrigatórias na programação de rádios rock, além dos clips na MTV. "Americana" é um bom exemplo do típico hardcore offspringuiano. O álbum seguinte, "Conspiracy Of One", seguindo a mesma linha do álbum anterior, teve como primeiro hit "Original Prankster".
Depois de 10 anos de estrada com shows lotados, sucessos nas rádios que emplacam um atrás do outro servem para provar que o Offspring não é apenas mais uma das incontáveis "one hit bands", ou seja, bandas de um só sucesso, como já é comum na indústria fonográfica atual.

Downloads:
The Offspring [1989]

Ignition [1992]

Smash [1994]

Ixnay On The Hombre [1997]

Americana [1998]

Conspiracy of One [2000]

Splinter [2003]

Rise and Fall, Rage and Grace [2008]

0 comentários:

Postar um comentário

DESCRIÇÃO-AQUI.