Anuncie aqui!

Marduk

14 janeiro 2010
Felipe
http://www.tvrock.com.br/new/imagens/img_4954_064marduk.jpg
Texto de Whiplash

O Marduk foi formado em 1990, na Suécia que junto com a Noruega foi berço de dezenas de bandas de Black metal. A banda faz um Black Metal Tradicional, ou seja ,letras pagãs, rostos pintados, vocal urrado com algumas partes graves e instrumental sem recursos sinfônicos, mas com grandes riffs rápidos contrastando com partes mais lentas. O idealizador da banda foi Morgan Hakansson, junto aos amigos formaram uma banda e lançaram uma demo , ironicamente intitulada de "Fuck Me Jesus", a partir deste nome podemos já perceber que esta se trata de uma banda totalmente anti-cristã.

Logo com o lançamento da primeira demo, o Marduk já tinha uma legião de fãs e mesmo sem ainda gravadora, o grupo começa a gravar o primeiro disco. E nesta mesma época a banda começou a fazer vários shows locais em aparições altamente furiosas. O primeiro disco foi lançado em dezembro de 1992, chamado de Dark Endless, este disco foi lançado de forma independente, com o primeiro disco a banda já é consagrada e eles conseguem rapidamente um contrato com o selo francês Osmone e gravam o segundo álbum, initiulado de "Those Of the Unlight", este foi lançado em 93 e a popularidade do grupo cresceu de tal forma que eles iniciaram em 1994 sua primeira turnê pela Europa. Durante a turnê o grupo já grava e lança o terceiro disco "Opus Nocturne".

A primeira mudança na formação foi o vocalista que foi substituído por Erik Hagstedt, o Legion, isto em 1995 e neste mesmo ano é relançada a Demo "Fuck me Jesus", o mini-album, foi proibido em vários paises por causa do nome e também da ilustração da capa que tinha uma mulher masturbando-se com uma cruz.

Após isto, o grupo entra em estudio novamente e lançam "Heaven Shall Burn...When We Are Gathered". No outono de 96, o Marduk realizou a maior excursão até aquele estágio da sua carreira. Durante a tour, um novo mini-album, "Glorification" que chegou ao mercado trazendo uma remixagem de uma das faixas do álbum anterior e covers de Bathory, Piledriver e Destruction. O próximo passo foi tocar mais e mais, reforçando as qualidades das performances ao vivo. O resultado surgiu em 1997, quando o CD ao vivo "Live In Germania" foi lançado. As críticas foram excelentes, provando que o Marduk tinha total capacidade de reproduzir no palco, com a mesma intensidade e feeling, o que fazia em estúdio. Uma tour com o reformado Mayhem aconteceu no lado ocidental da Alemanha, enquanto "Here's No Peace" foi lançado em outubro pelo selo sueco Shadow Records. Para fechar o ano, Hakansson e os seus parceiros dedicaram-se à composição de "Nightwing".

Este disco foi aclamado em 1998 como o melhor que a cena black metal tinha a oferecer dentro da música extrema. Crítica e público aceitaram o album com muito entusiasmo, efetivando o Marduk como um dos melhores dentro do seu estilo. Durante o verão, a banda compôs material para o álbum seguinte, "Panzer Division Marduk". Em outubro e novembro, a banda voltou para a estrada tocando na "The Black Metal Assault Tour", novamente com um ótimo público. A tour de "Panzer Marduk Division" passou pela Escandinávia, Japão e ainda levou o grupo para o palco do Dynamo Open Air, na Holanda.

Outros festivais de menor porte também tiveram a presença do Marduk, que fez ainda uma excursão de sete semanas como headliner por toda a Europa no final do ano. Sem parar, o grupo entrou em estúdio para gravar o mini-CD "Obedience", lançado em março de 2000. No mês seguinte, o Marduk juntou-se ao Deicide e ao Cannibal Corpse para uma curta temporada. Na seqüência, a banda decidiu desligar-se da Osmose e ter seu material negociado diretamente por Hakansson, que desejava melhores condições de trabalho e estrutura para a divulgação do Marduk. Em maio daquele ano, a banda retornou ao México para mais seis shows. Durante o verão europeu vieram vários festivais do Velho Mundo, incluindo o With Full Force e Wacken (ambos na Alemanha), Waldrock (Holanda) e Summer Rock Festival (Hungria).

Ao final do ano 2000 em que completava uma década de existência, o Marduk lançou o duplo ao vivo "Infernal Eternal" e foi para o estúdio Abyss (Suécia) com o renomado produtor Peter Tägtgren para criar "La Grande Danse Macabre", que chegou aos fãs no início de 2001. As comemorações foram coroadas com o licenciamento do novo álbum, de "Obedience" e de "Infernal Eternal" para a Century Media nas Américas do Sul e do Norte.

Álbuns:

Dark Endless (1992)
Those of the Unlight (1993)
Opus Nocturne (1994)
Heaven Shall Burn… When We Are Gathered (1996) (Senha:www.forevermetal.net)

Nightwing
(1998)
Panzer Division Marduk (1999)
La Grande Danse Macabre (2001)
World Funeral (2003)
Plague Angel (2004)
Rom 5:12 (2007)
Wormwood (2009)

0 comentários:

Postar um comentário

DESCRIÇÃO-AQUI.