Anuncie aqui!

Mötley Crüe

14 janeiro 2010
Felipe

http://www.irocknroll.com/images/Motley_Crue_Signed_Photo.jpg

Texto de Whiplash

O Mötley Crüe foi oficialmente formado em 1981, quando o baixista Nikki Sixx e o baterista Tommy Lee resolveram largar suas bandas e iniciar um novo projeto. Posteriormente, juntaram-se à dupla o vocalista Vince Neil e o guitarrista Mick Mars, começando a banda a tocar em bares e casas noturnas locais de Hollywood. Sempre muito polêmico, o Mötley Crüe por muitas vezes chamou mais a atenção pelos escândalos que seus membros estiveram envolvidos do que propriamente pela música, sendo conhecidos até hoje como os "bad boys of rock n´ roll".

O primeiro álbum da banda, Too Fast For Love, foi lançado por uma gravadora independente, a Lethur Records. Logo depois a banda assinou um contrato com a Elektra Records, que fez com o álbum fosse remixado e relançado, desta vez com uma melhor qualidade e uma maior divulgação.

Em 1983, chegou Shout At The Devil, o segundo trabalho da banda, que foi muito bem produzido e emplacou os hits "Looks That Kill", "Too Young To Fall In Love" e "Ten Seconds To Love", entre outros. Com este álbum os caras alcançaram disco de platina e a música passou a ser algo lucrativo. Mas nem tudo transcorreu tão bem como esperado, pois o vocalista Vince Neil, ao dirigir seu automóvel sob influência de excessiva quantidade de álcool e drogas, envolveu-se em um acidente no dia 12 de agosto deste mesmo ano, levando à morte seu amigo Nicholas Dingley, então guitarrista de uma das bandas pioneiras no gênero Glam Rock, o Hanoi Rocks. Vince foi preso por 30 dias, no ano 1985, bem como prestou serviços comunitários e pagou multa.

Apesar dos acontecimentos inesperados que fizeram com que o sucesso do Mötley Crüe fosse interrompido, em 1985 saiu o terceiro álbum da banda, Theatre Of Pain. O estilo das músicas havia mudado um pouco de direção, flertando com o Glam Rock, gênero que estava no topo das paradas musicais e crescia cada vez mais. Deste trabalho surgiram alguns clipes que se tornaram muito populares, pelo número excessivo de vezes que foram veiculados na MTV. O principal deles é o vídeo feito para a balada "Home Sweet Home", que fez um estrondoso sucesso na época, elevando a banda à condição de uma das principais do cenário Glam de Los Angeles. Foi lançado também um vídeo, Uncensored, contendo imagens inéditas dos integrantes, entrevistas e 5 clipes.

Em 1987, Girls, Girls, Girls foi lançado e o clipe para a faixa título do álbum foi imediatamente censurado, pelo conteúdo considerado ofensivo (mulheres fazendo striptease). A popularidade da banda começou a aumentar cada vez mais e outros hits emplacaram, como "Wild Side". Neste álbum a influência excessiva do Glam foi deixada de lado. Começou então uma grande turnê pelo mundo. Mas novos problemas aconteceram. As datas de shows do Japão foram canceladas, já que Nikki Sixx teve uma overdose, que por pouco não o levou à morte. Diante dos problemas quase que diários, no ano seguinte, 1988, a banda se retirou da mídia e todos os membros foram internados em clínicas para recuperação de drogados e alcoólatras.

A volta se deu um ano mais tarde, quando novas bandas, das quais a principal era o Guns n´ Roses, passaram a apresentar um som mais básico e agressivo, em confronto com o "brilho" do Glam. Naturalmente o Mötley Crüe tendeu para esta expoente vertente da música e lançou o álbum Dr. Feelgood, bem mais agressivo e pesado, talvez o melhor e mais respeitado trabalho da banda. O hit "Kickstart My Heart" chegou ao primeiro lugar da Billboard e se tornou música com presença obrigatória em todos os shows, por ser o maior sucesso da carreira da banda. Vale ressaltar que este álbum contou com a produção de Bob Rock, grande produtor de Hard Rock nos anos 80.

Com muitas músicas que se tornaram sucesso ao longo da carreira, a banda lançou então uma coletânea, Decade Of Decadence – 81-91, com versões remix e duas músicas inéditas, "Primal Scream" e "Angela", além de um cover para "Anarchy In The U.K.", dos Sex Pistols. Junto com este lançamento ocorreu a saída do vocalista Vince Neil, pois as gravações para um novo álbum não estavam dando certo (havia muito desinteresse por parte de Vince) e a indústria da música começava a investir no Grunge, estilo que o Nirvana apresentou no início da década de 90 e que tomou conta das gravadoras, rádios e canais de televisão, passando por cima do Hard Rock que imperou nos anos 80.

John Corabi foi escolhido para substituir Neil e, em 1994, saiu o novo álbum, simplesmente intitulado Mötley Crüe. Não alcançou um grande número de vendas e a turnê também não trouxe muito lucro.

Até que, em 1997, Vince retornou à banda, após lançar dois álbuns solo, culminando no lançamento do disco Generation Swine, muito criticado também. Em 1998, tendo em vista a aceitação muito ruim dos dois últimos álbuns, uma nova coletânea foi editada, Greatest Hits, com mais duas músicas inéditas, "Enslaved" e "Bitter Pill". A banda saiu em turnê, mas chegou a vez de Tommy Lee ser preso, por agressões físicas e discussões com sua ex-esposa, a conhecida Pamela Anderson. Foi condenado a mais de 1 ano de prisão e, com isso, não retornou novamente à banda, sendo substituído pelo ex-baterista do Ozzy Osbourne, o talentoso Randy Castillo.

No ano de 1999, todos os álbuns do grupo foram relançados, com bonus tracks, agora pela gravadora Mötley Records, da própria banda. Foi também lançado um álbum com raridades e músicas nunca antes mostradas, chamado Supersonic and Demonic Relics, assim como o primeiro ao vivo da banda, Live: Entertainment Or Death, em edição dupla.

Em 2000 veio então um álbum totalmente inédito, chamado New Tattoo, sendo o primeiro trabalho com Randy Castillo na bateria. Neste período de gravação do novo álbum e de mudanças na formação, Nikki Sixx criou uma banda paralela, chamada 58, que teve seu primeiro e único álbum lançado, Diet For a New América. O grupo passou a então excursionar com a Maximum Rock Tour, ao lado de Megadeth e Anthrax, o que resultou no lançamento de um DVD ao vivo (gravado com Samantha Malone, da banda Hole, na bateria, pois Randy teve que deixar as baquetas de lado por um tempo, em razão de complicações de saúde).

Com a morte de Randy no dia 26 de março de 2002, a banda acabou por novamente parar com as atividades. Vince Neil retomou sua carreira solo, lançando o disco Live At The Whisky – One Night Only. Nikki Sixx também não ficou atrás e formou a banda Brides of Destruction, ao lado de Tracii Guns, vindo a lançar o primeiro álbum do grupo em 2004, chamado Here Come The Brides.

Neste mesmo ano de 2004, os rumores de que o Mötley Crüe voltaria com sua formação original ficaram cada vez mais fortes e isso realmente aconteceu. Em meio a entrevistas em programas americanos famosos, todos os integrantes voltaram à tona e a banda saiu em turnê novamente, prometendo ser a última da carreira.

Uma nova coletânea foi lançada, Red, White & Crüe, em edição dupla e com três músicas inéditas, estando prometido também o lançamento de um DVD, gravado ao vivo em abril de 2005, na turnê que prossegue até o momento, denominada Carnival Of Sins.

Álbuns:

1981: Too Fast For Love
1983: Shout At The Devil
1985: Theatre of Pain
1987: Girls, Girls, Girls
1989: Dr. Feelgood
1994: Mötley Crüe
1997: Generation Swine
2000: New Tattoo
2008: Saints of Los Angeles

0 comentários:

Postar um comentário

DESCRIÇÃO-AQUI.